Psicanálise

Não somos apenas o que pensamos ser. Somos mais; somos também, o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos,os impulsos a que cedemos, ‘sem querer’.”

— Sigmund Freud

Fundada por Sigmund Freud por volta de 1900, a Psicanálise pode ser definida como um conjunto de teorias e um método que investiga o funcionamento da psique e trata do sofrimento humano, a partir do entendimento de que grande parte do nosso funcionamento psíquico (pensamentos, sentimentos, desejos e escolhas) é gerada por processos inconscientes. Nessa perspectiva, tanto as relações primevas estabelecidas com os pais ou os primeiros cuidadores, quanto as experiências da infância, sejam elas de amor, de perda, assim como questões relacionadas à sexualidade e morte, estabelecem padrões mentais que se tornam modelos inconscientes, tendo efeitos duradouros sobre o funcionamento psíquico e sendo a fonte de conflitos que podem bloquear o desenvolvimento.

Sigmund Freud

Sigmund Freud

Nesse sentido, a forma como nos relacionamos com os outros e conosco mesmos é diretamente influenciada pela maneira como lidamos com estas manifestações inconscientes que nos comunicam muito sobre quem somos. Quando não estabelecemos este contato conosco, temos a sensação de perda de controle sobre nossas vidas, criando relações perturbadoras, repetitivas e/ou escassas de significado. Este sofrimento pode aparecer através de sintomas físicos, temores, sentimentos de vazio e de perda de sentido, impulsos e impedimentos que a pessoa não consegue superar sozinha.

Um tratamento analítico visa a um espaço em que, juntos, psicanalista e analisando trabalharão para que se crie um ambiente no qual o livre falar leve a uma compreensão de si mesmo em um nível profundo, assim reconhecendo as forças inconscientes que moldam suas escolhas, libertando-o de conflitos e impedimentos que o aprisionam diante da vida. Desta forma, o sujeito que se analisa pode, de forma autônoma e livre, decidir os rumos que deseja tomar, tornando a sua existência mais rica, criativa e gratificante.

 

Links Relacionados
Centro de Estudos Psicanalíticos de Porto Alegre