Quadro Saúde Mental

Facebook pode tornar adolescentes mais vulneráveis a ansiedade e depressão

Um estudo apresentado recentemente na convenção anual da Associação Americana de Psicologia, afirma que o uso de redes sociais pode tornar os adolescentes mais vulneráveis a ansiedade, depressão, comportamento antissocial, manias e tendências agressivas abuso diário das mídias sociais e das tecnologias tem efeito negativo na saúde de todas as crianças, pré-adolescentes e adolescentes, que se tornam mais propensos a desenvolver esse problemas psicológicos, além de deixá-los mais suscetíveis a problemas de saúde no futuro.

O estudo advertiu também sobre os efeitos Facebook em estudantes: a rede social pode distrair e causar impacto negativo nos estudos. Em relação aos benefícios, aos impactos positivos das redes sociais, destacou que os relacionamentos virtuais podem ajudar adolescentes introvertidos a aprender como se socializar.

Além disso, as redes sociais podem fornecer ferramentas de ensino mais atraentes, capazes de promover o engajamento de jovens estudantes. É importante o acompanhamento dos pais nas atividades dos filhos nos sites de redes sociais, e que discutam a remoção de conteúdo ou conexões impróprias.

Os pais também precisam ficar atentos às tendências online e às últimas tecnologias, sites e aplicações que as crianças utilizam. Dessa forma, fica mais fácil de controlar e orientar os filhos diante da Internet.

Para mais informações ouça o áudio ou acesse www.psiquiatriaavançada.com.br

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>