Quadro Saúde Mental

Estudo revela que relação entre mãe e filho influencia obesidade

Sabemos que a relação entre uma criança e sua mãe nos primeiros anos de vida é muito importante para o seu desenvolvimento. E agora, essa pesquisa Americana sugere que quanto menor for a sensibilidade da mãe, e quanto menos segurança emocional a mãe passar para seus filhos, maior é o risco de que a criança seja obesa quando completar 15 anos de idade.

A pesquisa usou dados de quase 1000 crianças nascidas nos EUA em 1991. Os cientistas analisaram a maneira como as mães brincavam com elas aos 15, aos 24 e aos 36 meses de idade. A partir daí, determinavam a qualidade da interação entre eles. O cálculo de obesidade foi baseado no índice de massa corporal (IMC), cálculo feito com a altura e o peso da pessoa.

Mais de 25% das crianças com as piores relações emocionais com as mães se tornaram obesas. Em comparação, o número cai para 13% entre as que tinham os laços mais próximos com as mães nos primeiros anos de vida.

Esse estudo mostra que é possível que a obesidade infantil seja influenciada por intervenções que tentem melhorar os laços emocionais entre mães e crianças, em vez de focar apenas na alimentação e nas atividades físicas.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>