Quadro Saúde Mental

Estudo relaciona asma e alergias a transtorno de déficit de atenção e hiperatividade

Crianças que têm histórico de asma ou de algum tipo de alergia podem ter um risco maior de apresentar o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) do que aquelas que nunca sofreram com esses problemas. É o que sugere uma recente pesquisa publicada neste mês em um importante periódico da área médica.

O estudo, desenvolvido por especialistas de uma Universidade na Holanda e em Boston, nos Estados Unidos, foi feito com base nos dados meninos com TDAH e de outros sem o transtorno. Segundo a pesquisa, a prevalência de asma ou de algum tipo de alergia, especialmente alergia a leite, foi maior entre os meninos diagnosticados com o transtorno do que entre aqueles que não apresentavam o quadro.

De acordo com os autores da pesquisa, é possível que algumas medicações usadas para tratar asma e alergias aumentem o risco de TDAH em crianças, fato que, se confirmado, pode ajudar a explicar os resultados da pesquisa. Além disso, é um transtorno mais comum entre meninos do que meninas. Da mesma forma, a asma é mais prevalente entre o sexo masculino.

Os resultados são apenas preliminares, novos estudos são necessários para confirmar esses achados e para explicar de que forma a asma e as alergias agem no organismo, elevando o risco de TDAH. Nenhuma criança com asma ou alergia deve deixar de fazer uso de seus remédios com o objetivo de evitar o déficit de atenção.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>