Quadro Saúde Mental

Estresse aumenta risco de demência em mulheres de meia idade

O estresse aumenta o risco de demência, pelo menos em mulheres de meia idade, segundo pesquisadores suecos. Durante 37 anos, eles acompanharam 800 mulheres que tiveram que lidar com situações como divórcio, luto, problemas no trabalho ou doença, e mostrou que quanto mais situações estressantes, maior o risco de desenvolver doenças, como o mal de Alzheimer.

Segundo os pesquisadores, os culpados deste resultado podem ser os hormônios do estresse, a adrenalina e o cortisol, que provocariam alterações prejudiciais no cérebro. Estes hormônios podem causar uma série de mudanças no corpo, como afetar a pressão sanguínea e o nível de açúcar no sangue. Em eventos traumáticos, por exemplo, altos níveis destes hormônios podem permanecer por longos períodos.

O estudo começou em 1968, com mulheres entre 38 e 54 anos. Elas foram reexaminadas nos anos subsequentes, até 2005. No início da pesquisa, 25% das mulheres disseram terem passado por pelo menos um evento estressante e 20% tinha pelo menos três eventos de estresse. Das 800 mulheres pesquisadas que passaram por estresse ao longo da vida, 104 desenvolveram o mal de Alzheimer.

Os pesquisadores ressaltam que mais estudos são necessários para comprovar a tese e se ela se aplica também a homens.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>