Quadro Saúde Mental

Autocontrole torna as pessoas mais felizes

É o que diz uma pesquisa americana publicada recentemente. Pessoas disciplinadas e que exercem o autocontrole, ao contrário do que possa parecer algumas vezes, são mais felizes
Segundo os autores do estudo, isso ocorre pois esses indivíduos tendem a evitar situações tentadoras e conseguem lidar melhor com objetivos conflitantes. Por exemplo, diante de um doce, eles conseguem ponderar a melhor opção entre o prazer de comer o alimento e o ganho de peso que vem junto.

Os pesquisadores realizaram esse trabalho com o objetivo de avaliar se, como muitos acreditam, uma personalidade disciplinada faz com que uma pessoa se sinta menos feliz. A pesquisa, desenvolvida na Universidade de Chicago, Estados Unidos, avaliou o desempenho de 414 adultos em uma série de testes de autocontrole. Os participantes também foram questionados sobre o quão satisfeitos estavam com suas vidas e foram orientados a descrever seu estado de humor a cada dia por meio de um aplicativo de smartphone.

Ao final do estudo, os pesquisadores encontraram uma forte relação entre indivíduos que apresentaram mais autocontrole nos testes e uma maior satisfação com a própria vida. Além disso, pessoas mais disciplinadas relataram mais episódios de bom humor, e menos de mau humor.

De acordo com os autores, porém, isso não parece estar ligado ao fato de esses indivíduos serem mais capazes de resistir a tentações, mas sim ao fato de que eles se expõem a menos situações tentadoras. E, quando o fazem, sabem lidar melhor com elas.

Com isso, podemos concluir que pessoas que têm um bom autocontrole fazem uma série de coisas que as tornam mais felizes. Uma delas é evitar desejos problemáticos e conflitos, e isso acaba resultando em menos emoções negativas. Uma interpretação dessas conclusões é que as pessoas usam o autocontrole para configurar as suas vidas de modo a evitar problemas.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>