Elementos que Contribuem para a Qualidade de Vida Familiar

Embora seja temerário enunciar-se qualquer definição sobre o que se considera normal nas dinâmicas conjugais e familiares, podemos dizer que alguns elementos contribuem para a qualidade de vida familiar, sendo:

– Vida sexual satisfatória do casal que originou a família;

– Tolerância mútua para com as diferenças do casal;

– Pais que encontram certa complementariedade no exercício de suas funções junto aos filhos, o que não exclui divergências de opinião e atitudes;

– Irmãos que pautam seu relacionamento antes pela solidariedade e cumplicidade do que pela rivalidade;

– Livre e genuína expressão de afetos

– Respeito à autonomia de cada um;

– Filhos que sentem-se incentivados pelos pais a se individuarem e a desenvolverem seus próprios projetos de vida; e Pais que, por sua vez, sintam-se estimulados pelos filhos a não renunciarem, por eles, os seus direitos à realização pessoal;

– O não decretamento de afinidades com o pressuposto de manter unida a família, mas, sim, que possam, quando porventura existirem, fluírem espontaneamente pela interação empática;

– Que todos estejam comprometidos, num processo coletivo, onde as responsabilidades terão que ser divididas de tal maneira que cada um dê na medida de suas possibilidades e receba de acordo com suas necessidades.