Ansiedade

Por Maria Copetti (psicóloga clínica)

A ansiedade é uma resposta (emocional e física) desencadeada pela percepção de ameaça. Sentir ansiedade frente a situações novas, incertas e que representam algum tipo de perigo é normal. A ansiedade passa a ser patológica somente quando é desproporcional à situação que a desencadeia, ou quando não existe um perigo real que provoque essa reação. Ou seja, os transtornos de ansiedade surgem quando uma situação que não deveria causar medo é interpretada como sendo ameaçadora.

Sentir-se ansioso aumenta a chance de ter pensamentos que provocam ainda mais ansiedade e os pensamentos ansiosos podem aumentar os sentimentos ansiosos, formando um círculo vicioso.

Se você possui um grau elevado de ansiedade, provavelmente passa muito tempo preocupando-se com coisas ruins que poderiam acontecer. O problema é que quanto mais você se preocupa com coisas que ainda não aconteceram, é mais provável que você acredite que coisas ruins irão ocorrer.

Os transtornos de ansiedade estão entre os transtornos psiquiátricos mais frequentes na população geral e causam elevados graus de sofrimento e prejuízo.

ansiedadeinfografico

Comments (1)

  1. BOA NOITE, SRS. DO TEMA QUALIDADE DE VIDA, ESTIVE LENDO E DESCOBRI, TEMAS COMO MEDO, ANSIEDADE. MEDO NUNCA TEVE, JÁ ANSIEDADE DE VEZ EM QUANDO APARECE UMA TAQUICARDIA, MAIS AINDA DA PARA CONTROLAR.
    MUITO BOM O ARTIGO.
    GOSTEI.
    OBRIGADA.
    Amery Bazán.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>